Publicado por: Peter | Quinta-feira, 7-Ago-2008

Viagem à Madeira (28-7-2008 a 01-8-2008)

Dia 28-Julho-2008

 

Para primeira vez que ia andar de avião, estava super calmo e sinceramente o que mais me atemorizava era a parte do check-in.

Não me encontrava só neste baptismo de voo, a Cláudia era também uma estreante nestas andanças, felizmente tivemos um guia à altura para nos instruir e apoiar em todas as fases anteriores à entrada no “Grande Pássaro”.

A experiência foi óptima e é certamente para repetir (foi o que fizemos 4 dias depois à vinda para o Continente).

À chegada ao Funchal, alguém nos esperava com um cartão na mão com o meu nome escrito, indicando que seria o nosso transporte até ao hotel. O Sr. era simpático mas era de poucas falas.

Chegámos ao hotel por volta das 11:00h mas ainda não estava pronto o quarto e indicaram-nos que só estaria disponível por volta das 13:00h.

Deixámos as bagagens e fomos em busca de um centro para começar a visitar e mais tarde almoçar.

Neste primeiro dia comemos num snack-bar bom e barato, mas depois chegámos ao hotel às 14:00h e ainda tivemos de esperar até às 15:00h.

Valeu a pena a espera…

É certo que ficámos num hotel de 4 * mas o quarto era fantástico e tinha uma vista para um dos jardins com piscina.

E foi assim o nosso 1º dia na Madeira.

 

Os restantes dias foram o máximo. Visitámos muitos pontos de interesse, como qualquer turista é levado a fazer naquela ilha, mas tivemos a felicidade de nos cruzarmos com pessoas que como nós estavam ali para umas férias divertidas e para conhecer melhor aquele local. Uns eram repetentes e outros, tal como nós, estavam lá pela primeira vez.

 

Tenho que admitir que tivemos alguma sorte no Guia (Bruno) que nos mostrou os vários locais de interesse da Ilha (tanto o lado Este como o lado Oeste da Ilha), embora não nos tenha deixado tomar banho em Porto Moniz (não sabemos bem porquê), e tenho a certeza que ele nunca apanhou uns turistas como nós.

 

Obrigado a todos!

 

No dia 1 de Agosto, foi o dia do regresso. Eu e a Cláudia adorámos a estadia e no percurso até ao aeroporto, conduzidos pelo mesmo motorista que nos trouxe no primeiro dia (continuava pouco falador, mas simpático), passámos por alguns locais que agora já conhecemos e temos pena de deixar para trás.

 

Vamos voltar!


Responses

  1. Vale sempre a pena voltar,porque a maiores belesas estão no seu interior, nas levadas
    Comprimentos


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: