Publicado por: Peter | Sexta-feira, 24-Fev-2012

Parabéns…

Naquela hora, quando os teus olhos encontraram os meus, tive plena consciência que aquela seria a última vez que te olhava com vida.
Num simples olhar, conseguiste consolidar na minha alma todos os teus ensinamentos e fizeste-me sentir o profundo Amor que nutrias por mim.
O meu coração ficou enorme com o Amor que transmitiste e talvez por isso eu sentisse aquele aperto no meu peito que teimou em desaparecer.
Fui forte como me ensinaste e aguentei firme, mesmo que fosse apenas por fora;

Dei-te o último beijo na testa e afaguei os teus cabelos brancos já exaustos, mas a voz fugia-me pelo desgosto de te perder e apenas consegui dizer-te em pensamentos: Amo-te!
Obrigado por tudo.

O corredor que tive de percorrer a seguir, tinha 37 anos de distância, onde guardo todas as recordações.
E olha que são muitas, pois estiveste sempre presente na minha vida.

Parabéns, era o que te desejaria hoje!

Até sempre…

Anúncios

Responses

  1. Aposto que esse corredor está cheio de quadros bonitos pendurados na parede. Quando a saudade apertar, podes olhar para eles. Ajuda a amenizar a saudade*


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: